image

- El Espectador

JIMMY KIMMEL CONVIDA JUANES PARA CANTAR EM SEU PROGRAMA NA TELEVISÃO

Image and video hosting by TinyPic

No próximo 27 de julho, Juanes será convidado ao programa de Jimmy Kimmel na televisão, um dia antes de começar sua turnê ‘Loco de Amor’ pelos Estados Unidos.

A apresentação de Juanes em “Jimmy Kimmel Live!” será um espetáculo noturno, que oferecerá um mini concerto em um palco ao ar livre que este programa tem montado em Hollywood.

Ali o paisa promoverá “Loco de Amor” que começa dia 28 de julho em Bakersfild, Califórnia e termina em dezembro em Miami. A artista Ximena Sariñana é a encarregada de abrir cada uma das apresentações de Juanes.

Em maio Juanes se apresentou com o Dj francês Cedric Gervais no Sunset Music Festival. O evento que foi realizado em Tampa, Florida.
Durante sua apresentação, Gervais convidou Juanes ao palco, e juntos cantaram pela primeira vez a canção “Este Amor”, a primeira que produzem juntos.

Diante de 30.000 pessoas, o francês apresentou Juanes enumerando suas realizações. Além de cantar “Este Amor”, Juanes compartilhou com Hulk Hogan (legendário lutador profissional).

Segundo a publicação Billboard, o “dueto dinâmico” realizou uma canção que “começa com Juanes e pouco a pouco vai subindo a um clímax eufórico” e prevê que Juanes realizará uma das melhores turnês do próximo verão.

No campo pessoal, a revista Time publicou uma carta que Juanes dedicou a seus filhos no dia dos pais. Nesta destaca como descobriu “o que é o amor puro e verdadeiro” com a chegada de Luna, Paloma e Dante.


Tradução por Renata Rodrigues.

JUANES PUBLICA CARTA PARA SEUS FILHOS

Para celebrar o Dia dos Pais, que nos Estados Unidos e outros países latino-americanos é no terceiro domingo de junho, a revista Times tomou a iniciativa de pedir a pais influentes que escrevessem uma carta para seus filhos falando sobre paternidade. Dentre as estrelas da música latina, Juanes publicou uma carta carregada de amor aos seus filhos.

Image and video hosting by TinyPic

Para Luna, Paloma e Dante.

Quando estavam na barriga de sua mãe, eu passava noites inteiras tratando de imaginá-los, ver seu rosto, seus olhos, sua boca, como seriam suas mãos, os dedos de seus pés, mas só quando chegaram pude realmente entender o que seriam para nós. Ainda recordo aquele dia que estava na sala de partos esperando por cada um de vocês junto a sua mãe, e o Dr. chamou-me e disse “vem, já vai nascer”, justo neste preciso instante senti uma mescla de alegria e nervoso, que se apoderou de mim e que não podia descrever só com palavras.

Image and video hosting by TinyPic

Em um abrir e fechar de olhos, como quando uma vela se acende na escuridão, cada um apareceu iluminando todo o lugar, nossas vidas para sempre se encheram de esplendor como quando o sol nasce na manhã desenhando o horizonte. Os tomei em meus braços e me sentei no sofá perto da cama onde estava sua mãe, de tanta alegria não pude conter as lágrimas que caiam por meu rosto sorridente, em choque, dava graças a Deus enquanto sua avozinha ao lado sorria e os abençoava. Aquele quarto onde estávamos se transformou em uma festa, uma celebração da vida, nossos caminhos se cruzaram e mudaram para sempre.

No princípio imaginava que minha missão seria ensinar-lhes tudo o que eu sabia sobre a vida; o físico, o intelectual, o espiritual. Mas com o tempo me dei conta que ser pai não só se tratava disto, mas também que seriam vocês quem me ensinariam; assim como o ouvir, eu seria também seu aluno; seríamos professores um do outro. A pureza de suas almas e inocência me recordou que eu também algum dia vim a este mundo como vocês.

Image and video hosting by TinyPic

Foi como reconectar-me com meu pai e minha mãe, unir este misterioso e mágico laço da existência. Uma das coisas que mais agradeço é que tenha me ensinado o que é o amor puro e verdadeiro, esse amor que só nasce com os filhos. Converti-me em seu guia e anfitrião, minha prioridade foi amá-los e ensinar-lhes que amem a si mesmos, e ao mesmo tempo mostrar-lhes as ferramentas para viver neste mundo.

Quero agradecer por fazer meus dias mais felizes, por ter trazido sentido e razão a minha existência, por dar-me forças cada manhã para levantar-me, por ser minha musa de inspiração e fonte de energia. Talvez quando leiam estas palavras e encontrem todo o sentido, estarão na universidade, sejam mãe e pai, então saberão que tudo o que lhes digo é com amor e sai do coração e poderão compreender o amor de pai.

Este mundo em que vivemos necessita de mais amor, mais consciência, que se tornem, assim, um exemplo para os outros, deem amor e receberão amor, antes de julgar alguém, primeiro ponha-se em seu lugar e assim poderão fazer deste lugar um lar melhor, que o medo só sirva para que estejam alerta, não para paralisá-los, nunca deixem de ser vocês mesmos, de acreditar em si mesmo, não importa o que os outros digam. Eu os amo.

Papai.

Image and video hosting by TinyPic

Fontes: Ocio Latino e Zeleb

Tradução por Renata Rodrigues.

- Terra

CEDRIC GERVAIS ESTREIA ‘ESTE AMOR’, SEU DUETO COM JUANES

Image and video hosting by TinyPic

A melodia une o estilo particular do astro colombiano com os acordes do EDM de Cedric, o que cria uma explosão de beats genial.

Segundo uma nota de imprensa, a canção escrita por Cedric e o astro colombiano “é um testemunho do que acontece quando dois mundos aparentemente opostos se encontram”.

A alucinante apresentação foi histórica na carreira de Juanes, pois pela primeira vez cantou com Gervais em um festival de música eletrônica.

Um vídeo capturado durante um concerto do Sunset Music Festival 2015, realizado em Tampa (Estados Unidos), imortalizou a primeira apresentação ao vivo da música, com a qual os artistas fizeram explodir de emoção o público.


Tradução por Renata Rodrigues.

- Just Jared

Juanes na capa da revista ‘Para Todos’

Image and video hosting by TinyPic

A sensação da música Juanes abre um sorriso na capa da edição mais nova da revista Para Todos, divulgado exclusivamente para o JustJared.com.

Aqui está o que o cantor de 42 anos dividiu com a revista:

Sobre seus dias em turnê: “São dias intensos. Primeiro, eu tento dormir bem, entre 5 e 6 horas. Depois disso, eu normalmente me exercito e leio um pouco. Sempre faço a prova de som antes do show. À noite, o show começa. São os melhores dias da minha vida!”

Sobre o primeiro instrumento que tocou: “O primeiro instrumento foi uma lira, depois um acordeão, e finalmente o violão. Meu pai sempre foi aquele quem comprou para mim.”

Sobre as melhores e mais desafiadoras memórias do seu álbum Fijate Bien: “As melhores memórias do ‘Fijate Bien’ foram os dias em que estive no estúdio gravando com Gustavo Santaolalla e Anibal Kerpel. A parte mais difícil foi chegar nesse ponto.”

CLIQUE AQUI PARA LER A REVISTA ONLINE.


Tradução por Mayara Moura.


- Ocio Latino

JUANES, O COLOMBIANO QUE TOCA GUITARRA EM INGLÊS

Image and video hosting by TinyPic

Entrevista JLS.

Ocio Latino: Desde o ano passado Juanes está apresentando as canções que compôs para seu novo álbum ‘Loco de Amor’, dezenas de cidade ainda esperam para vê-lo cantar, especialmente os Estados Unidos, onde se apresenta muito orgulhoso em espanhol. Dentro desta agenda apertada deixou um espaço para colaborar com artistas como Juan Gabriel, participar da série ‘Jane The Virgin’, fazer uma canção para um filme da Disney e deixar esta entrevista para os leitores do Ocio Latino.

Juan Esteban Aristizábal Vásquez, mais conhecido como Juanes, poderia confundir-se facilmente entre pessoas anônimas, pela forma simples de se vestir e seu tratamento próximo. Sua fama passou despercebida em uma ocasião no controle do aeroporto de Madrid, ao ingressar na Espanha, e foi retido pela polícia.
Embora leve mais de 16 milhões de discos vendidos e é um dos artistas latinos mais importantes da música em espanhol, Juanes não esquece suas origens nem como emigrou a Los Angeles, sem falar inglês e “com 4 mil dólares” no bolso, segundo nos conta, e em busca de uma oportunidade no mundo da música.

O artista que cresceu ouvindo canções de Lucho Gatica, Julio Jaramillo e a música de cantina que colocavam perto da sua casa quando era pequeno, se converteu em uma das pessoas mais influentes do mundo, segundo a prestigiosa revista Time. Ninguém voltou a perguntar se a música que faz é pop, rock, folclore ou todos de uma vez, Juanes se fez querer por suas composições com ritmos que contagiam, por suas letras que prendem, por seu admirável compromisso social, por sua fundação ‘Mi Sangre’, a qual o satisfaz “Poder usar a artes como meio de cura das feridas da alma de milhões de meninas, meninos e adolescentes”, nos comentou.

“A música é o reflexo de minha realidade”, disse também muitas vezes, demonstrando que segue trabalhando com a mesma paixão do primeiro dia, “com mais experiência e com muito amor”. E se nota em seu último álbum, ‘Loco de Amor’, onde inclui onze composições de histórias que poderiam estar acorrentadas, acompanhadas de sua característica forma de tocar a guitarra e a voz de um artista mais maduro.

Ocio Latino: O que você pensa quando lhe falam de imigrantes ilegais, sem direitos?
Juanes: É a natureza do homem, migrar desde o início, antes por motivos de clima, agricultura, hoje por razões sociais e econômicas. O certo é que seguimos migrando em busca de oportunidades, está claro, com a grande diferença que hoje há um estreito controle na fronteira convertendo este costume em algo criminal. Falar de direitos é falar de ilusões, de fantasias que só existem em um papel e em nosso próprio imaginário. Basta olhar para fora e ver que, o que realmente se vê é injustiça e abuso.

O.L: Por que você acha que sua música entrou com certa ‘facilidade’ no mercado britânico?
Juanes: É um mistério, na verdade não sei, mas me alegra. De certo modo sinto que toco a em inglês e que toda a influência que trago da minha Colômbia tem algo especial.

O.L: O que você sente quando escuta que vendeu milhões de discos e ganhou dezenas de prêmios e reconhecimentos?
Juanes: Alegria, agradecimento, adrenalina e angústia.

O.L: Você se sente obrigado a seguir criando canções de sucesso global?
Juanes: O sucesso global não existe, nem sequer poderia saber fazer uma canção de sucesso global. A música para mim é uma simples faísca, um milagre que ocorre quando sinto algo.

O.L: Você sente que se entregou a indústria da música comercial?
Juanes: Eu me entreguei à música desde que tenho razão de ser, tenho amado fazer música com toda minha alma e tenho contado com sorte de conectar o público com diferentes canções. A indústria musical sempre está em constante transformação devido à mudança geracional e a tecnologia. É questão de entender esta evolução sem afetar sua criatividade.

O.L: Ricky Martin disse que quer gravar uma canção com você. E você com quem quer gravar?
Juanes: Quando você se junta com diferentes músicos o que acontece é sempre especial, a fricção resulta atrativa e move mais energia. Muitos dos artistas com que tenho trabalhado contribuíram muito, e com muitos mais gostaria de gravar no futuro.

Juanes tem dois concertos confirmados na Espanha, na sexta-feira 24 de julho no Teatro Real de Madrid e no sábado 25 de julho no Hard Rock Rising Barcelona 2015.

“Ambos são muito especiais, o primeiro pelo privilégio de estar em um lugar tão mágico e de tanta história como o Teatro Real, e o segundo pela magnitude e estrutura. Desfruto muitos dos festivais porque permitem chegar a um novo público”, comentou o artista.


Tradução por Renata Rodrigues.