image

- Just Jared

Juanes na capa da revista ‘Para Todos’

Image and video hosting by TinyPic

A sensação da música Juanes abre um sorriso na capa da edição mais nova da revista Para Todos, divulgado exclusivamente para o JustJared.com.

Aqui está o que o cantor de 42 anos dividiu com a revista:

Sobre seus dias em turnê: “São dias intensos. Primeiro, eu tento dormir bem, entre 5 e 6 horas. Depois disso, eu normalmente me exercito e leio um pouco. Sempre faço a prova de som antes do show. À noite, o show começa. São os melhores dias da minha vida!”

Sobre o primeiro instrumento que tocou: “O primeiro instrumento foi uma lira, depois um acordeão, e finalmente o violão. Meu pai sempre foi aquele quem comprou para mim.”

Sobre as melhores e mais desafiadoras memórias do seu álbum Fijate Bien: “As melhores memórias do ‘Fijate Bien’ foram os dias em que estive no estúdio gravando com Gustavo Santaolalla e Anibal Kerpel. A parte mais difícil foi chegar nesse ponto.”

CLIQUE AQUI PARA LER A REVISTA ONLINE.


Tradução por Mayara Moura.


- Ocio Latino

JUANES, O COLOMBIANO QUE TOCA GUITARRA EM INGLÊS

Image and video hosting by TinyPic

Entrevista JLS.

Ocio Latino: Desde o ano passado Juanes está apresentando as canções que compôs para seu novo álbum ‘Loco de Amor’, dezenas de cidade ainda esperam para vê-lo cantar, especialmente os Estados Unidos, onde se apresenta muito orgulhoso em espanhol. Dentro desta agenda apertada deixou um espaço para colaborar com artistas como Juan Gabriel, participar da série ‘Jane The Virgin’, fazer uma canção para um filme da Disney e deixar esta entrevista para os leitores do Ocio Latino.

Juan Esteban Aristizábal Vásquez, mais conhecido como Juanes, poderia confundir-se facilmente entre pessoas anônimas, pela forma simples de se vestir e seu tratamento próximo. Sua fama passou despercebida em uma ocasião no controle do aeroporto de Madrid, ao ingressar na Espanha, e foi retido pela polícia.
Embora leve mais de 16 milhões de discos vendidos e é um dos artistas latinos mais importantes da música em espanhol, Juanes não esquece suas origens nem como emigrou a Los Angeles, sem falar inglês e “com 4 mil dólares” no bolso, segundo nos conta, e em busca de uma oportunidade no mundo da música.

O artista que cresceu ouvindo canções de Lucho Gatica, Julio Jaramillo e a música de cantina que colocavam perto da sua casa quando era pequeno, se converteu em uma das pessoas mais influentes do mundo, segundo a prestigiosa revista Time. Ninguém voltou a perguntar se a música que faz é pop, rock, folclore ou todos de uma vez, Juanes se fez querer por suas composições com ritmos que contagiam, por suas letras que prendem, por seu admirável compromisso social, por sua fundação ‘Mi Sangre’, a qual o satisfaz “Poder usar a artes como meio de cura das feridas da alma de milhões de meninas, meninos e adolescentes”, nos comentou.

“A música é o reflexo de minha realidade”, disse também muitas vezes, demonstrando que segue trabalhando com a mesma paixão do primeiro dia, “com mais experiência e com muito amor”. E se nota em seu último álbum, ‘Loco de Amor’, onde inclui onze composições de histórias que poderiam estar acorrentadas, acompanhadas de sua característica forma de tocar a guitarra e a voz de um artista mais maduro.

Ocio Latino: O que você pensa quando lhe falam de imigrantes ilegais, sem direitos?
Juanes: É a natureza do homem, migrar desde o início, antes por motivos de clima, agricultura, hoje por razões sociais e econômicas. O certo é que seguimos migrando em busca de oportunidades, está claro, com a grande diferença que hoje há um estreito controle na fronteira convertendo este costume em algo criminal. Falar de direitos é falar de ilusões, de fantasias que só existem em um papel e em nosso próprio imaginário. Basta olhar para fora e ver que, o que realmente se vê é injustiça e abuso.

O.L: Por que você acha que sua música entrou com certa ‘facilidade’ no mercado britânico?
Juanes: É um mistério, na verdade não sei, mas me alegra. De certo modo sinto que toco a em inglês e que toda a influência que trago da minha Colômbia tem algo especial.

O.L: O que você sente quando escuta que vendeu milhões de discos e ganhou dezenas de prêmios e reconhecimentos?
Juanes: Alegria, agradecimento, adrenalina e angústia.

O.L: Você se sente obrigado a seguir criando canções de sucesso global?
Juanes: O sucesso global não existe, nem sequer poderia saber fazer uma canção de sucesso global. A música para mim é uma simples faísca, um milagre que ocorre quando sinto algo.

O.L: Você sente que se entregou a indústria da música comercial?
Juanes: Eu me entreguei à música desde que tenho razão de ser, tenho amado fazer música com toda minha alma e tenho contado com sorte de conectar o público com diferentes canções. A indústria musical sempre está em constante transformação devido à mudança geracional e a tecnologia. É questão de entender esta evolução sem afetar sua criatividade.

O.L: Ricky Martin disse que quer gravar uma canção com você. E você com quem quer gravar?
Juanes: Quando você se junta com diferentes músicos o que acontece é sempre especial, a fricção resulta atrativa e move mais energia. Muitos dos artistas com que tenho trabalhado contribuíram muito, e com muitos mais gostaria de gravar no futuro.

Juanes tem dois concertos confirmados na Espanha, na sexta-feira 24 de julho no Teatro Real de Madrid e no sábado 25 de julho no Hard Rock Rising Barcelona 2015.

“Ambos são muito especiais, o primeiro pelo privilégio de estar em um lugar tão mágico e de tanta história como o Teatro Real, e o segundo pela magnitude e estrutura. Desfruto muitos dos festivais porque permitem chegar a um novo público”, comentou o artista.


Tradução por Renata Rodrigues.


- Día a Día

O ANTES E O DEPOIS DE GRANDES CANTORES LATINOS

Juanes, Fito Páez, Julieta Venegas, Shakira e Miguel Bosé, entre outros, marcam seus rostos ao passar dos anos, desde que lançaram seus primeiros discos até hoje. O tempo perdoa?

São populares, vendem milhões de discos e possuem um número de seguidores quase impossível de quantificar, ainda que agora suas aparências sejam muito diferentes de quando entraram no mundo da música.

O site Buzzfeed.com realizou uma compilação de fotografias, comparando como estavam antes e como estão em 2014 algumas figuras da música hispânica.

Ricky Martin, Ricardo Arjona, Shakira e Fijo Páez, entre outros, foram as vítimas deste exercício – em alguns casos – seria melhor não realizar.

Image and video hosting by TinyPic

Por exemplo, Juanes evidencia o passar do tempo desde 2000, ano de estreia com o disco ‘Fijate Bien’, até a atualidade.

Ao contrário, Miguel Bosé e José Luis Rodriguez são o peso da experiência nesta lista. Enquanto o espanhol encanta as mulheres do mundo apesar do passar do tempo (estreou em 1977 com o disco ‘Linda’), a Puma fez o mesmo com “José Luis… Favorito”, mas em 1967.


Tradução por Renata Rodrigues.

  • Tags:

- Radio Fórmula

JUANES É NÚMERO UM NOS ESTADOS UNIDOS COM A MÚSICA ‘JUNTOS’

Image and video hosting by TinyPic

O cantor colombiano Juanes é o número um nos Estados Unidos com a música ‘Juntos’ (Together) entre os listados do Billboard, Latin Airplay e Latin Pop Airplay.

‘Juntos’ se mantém como número um na Colômbia pela nona semana consecutiva; também conseguiu a maior posição no México, Venezuela, Equador e América Central; enquanto isso na Espanha, Argentina e Chile se mantém no Top 10 da rádio.

A canção faz parte da trilha sonora do filme da Disney ‘McFarland, USA’, protagonizada por Kevin Costner, que faz um treinador que ajuda sua equipe a ganhar um campeonato.

Por outro lado, o cantor chegará aos Estados Unidos com seu “Tour Loco de Amor”, no próximo verão.

Se apresentará no Nokia Theatre L.A. Live (31 de julho e 1 de agosto) e no Madison Square Garden (19 de agosto).

A turnê começará em 28 de julho no Rabobank Theatre de Bakersfield, Califórnia, e termina em 21 de agosto no Grand Theatre at Foxwoods de Mashantucket, Connecticut; e também já tem data agendada no American Airlines Arena de Miami, Florida, em 4 de dezembro.


Tradução por Renata Rodrigues.

- El Piñero de la cuenca

APRESENTAM O CARTAZ PARA O PALANQUE DA EXPO FEIRA COATZA 2015

Image and video hosting by TinyPic

Juanes e Gloria Trevi encabeçam o cartaz oficial do Palanque Monumental da Expo Feira Coatza 2015, que será realizado de 27 de março a 5 de abril, o qual inclui também El Komander, La Trakalosa e Margarita La Diosa da Cumbia.

O diretor Octavio, José Uribe Pozos e o presidente do comitê da Expo Feira, Andrés Azuela Berchelman, anunciaram que durante dez dias a população da cidade, da região e outros estados, poderão desfrutar de artistas internacionais que interpretam diversos gêneros e para todos os gostos.

Na sexta-feira 27, o Palanque começará com a apresentação do trovador Raúl Órnelas, quem inundará com voz e sentimento o palco; no sábado 28, o público poderá desfrutar de grandes cantores conjuntos em ‘Las Grandiosas’, integrada por Rocío Banquells, Dulce, María Conchita Alonso e Karina.

O público desfrutará do novo espetáculo da extrovertida Gloria Trevi no domingo 29; na segunda-feira cantará El Komander; na quarta-feira 1 de abril, o cantor colombiano Juanes, um dos melhores artistas internacional do momento, estará em Coatzacoalcos.

A Trakalosa e o Leandro Ríos colocarão o toque grupero no Palanque na quinta-feira 2; na sexta-feira 3, Margarida La Diosa da Cumbia, levantará das cadeiras todos os assistentes para colocá-los para dançar e Mane de La Parra imprimirá o romantismo nesta mesma noite.

No sábado 4, La Banda Recoditas interpretará seus maiores sucessos, neste cenário Uribe Pozos comentou que na próxima terça-feira o presidente municipal, Joaquín Caballero Rosiñol, e o presidente do comitê, Andrés Azuela, apresentará a programa artístico, cultural do Teatro Pueblo, assim como as novidades e promoções que haverá nesta festa do sul do estado.


Tradução por Renata Rodrigues.